Introdução ao Sensoriamento Remoto e GEE

  • R$350
  • Introdução ao Sensoriamento Remoto e GEE

     

    Instrutores:

     

    Cesar Guerreiro Dinz: Atualmente é doutorando do Programa Geologia e Geoquímica da Universidade Federal do Pará (PPGG) e sócio fundador da empresa de geotecnologias Solved – Soluções em Geoinformação. Possui graduação em Oceanografia pela UFPA e Mestrado em Geologia e Geoquímica também pela UFPA. Tem experiência na área de Oceanografia, com ênfase em Sensoriamento Remoto, atuando principalmente nos seguintes temas: sensoriamento remoto, ambientes de manguezal, comportamento espectral de alvos e monitoramento de florestas tropicais.

     

    Luiz Cortinhas Ferreira Neto: Atualmente é mestrando do Programa de Engenharia Elétrica da Universidade Federal do Pará e sócio fundador da empresa de geotecnologias Solved – Soluções em Geoinformação. Possui Bacharelado em Engenharia de Computação pelo Instituto de Estudos Superiores da Amazônia (2014). Tem experiência na área de Engenharia Elétrica, com ênfase em Integração de Banco de Dados Heterogêneos e Sistemas de Apoio à Decisão usando Bussines Intelligence, está focado em duas áreas: – Gestão de relacionamento com o consumidor a partir de redes sociais com a mineração de dados sobre Big Data. – Algoritmos paralelos de alto desempenho para Data Mining usando Cuda.


    Pré-Requisitos

    É impreterível que o aluno tenha noções de lógica de programação, linguagem orientada a objeto e que traga seu próprio notebook.

     

    Objetivo: O objetivo deste curso é permitir ao aluno familiarize-se com uso de imagens digitais dentro da plataforma de processamento de imagens Google Earth Engine (GEE). O curso cobrirá conceitos básicos de sensoriamento remoto e algumas das principais rotinas de programação da plataforma Google. Concluídas as aulas, o aluno deve ser capaz de entender a diferença entre radiância e reflectância, carregar imagens com as unidades de interesse (radiância ou reflectância, por exemplo), fazer composições coloridas, seja em falsa cor ou cor verdadeira, identificar tipos de cobertura terrestre com base em características espectrais, criar e interpretar índices de vegetação, classificar padrões de cobertura, analisar estatisticamente seus dados e por fim exporta-los.

     

    Carga Horária: 24 h


    Hora e Local:

    - 8, 9, 10 de Dezembro de 2017 (de Sexta a Domingo)

    - Horário: 8h às 12h e 14 às 18h.

    - Local: Solved (PCT-Guamá).

    Conteúdo

    Unidade 01: Aspectos teóricos

    Introdução ao Sensoriamento Remoto Ótico

    Satélites e Seus Sensores

    Estrutura de Dados Matriciais

    Introdução à Cartografia

    Superfícies de representação da terra

    Escalas

    Projeções cartográficas

     

    Unidade 02 : Introdução ao GEE

    Revisão Conceitual

    Visualização de Dados

    Composição Colorida (RGB & HSV)

    Conversões Radiométricas

    Índices de Vegetação

     

    Unidade 03: Introdução à operações espaciais

    Revisão Conceitual

    Classificação (Slice)

    Cálculo de Área

    Representações Gráficas

    Exportação de Dados

     

    Unidade 4: Atividades práticas

     

    Bibliografia

    CÂMARA, G et al. Anatomia de Sistemas de Informação Geográfica. Campinas: UNICAMP, 1996.


    JENSEN, John R.; EPIPHANIO, José Carlos Neves. Sensoriamento remoto do ambiente: uma perspectiva em recursos terrestres. Parêntese, 2011.

     

    MARTINELLI, M. Mapas, gráficas e redes: elabore você mesmo. São Paulo: oficina de textos, 2014.

     

    MORAES NOVO, E. M. L. Sensoriamento Remoto Princípios e Aplicações. São Paulo: Blucher, 2010.

     

    MOREIRA, M. A. Fundamentos do Sensoriamento Remoto e Metodologias de Aplicação. São José dos Campos: INPE, 2001.

     

    TULER, M; SARAIVA, S. Fundamentos de geodésia e cartografia. Porto Alegre: Bookman, 2016.

     

    XAVIER da SILVA, J. Geoprocessamento para Análise Ambiental. Rio de Janeiro, 2001.

     

    Google Earth Engine Developers Guide: https://developers.google.com/earth-engine/getstarted, acessado em 05/10/2017

    • Preço:R$350
    • Código do produto: 02
    • Disponibilidade: 18

    Introdução ao Sensoriamento Remoto e GEE

     

    Instrutores:

     

    Cesar Guerreiro Dinz: Atualmente é doutorando do Programa Geologia e Geoquímica da Universidade Federal do Pará (PPGG) e sócio fundador da empresa de geotecnologias Solved – Soluções em Geoinformação. Possui graduação em Oceanografia pela UFPA e Mestrado em Geologia e Geoquímica também pela UFPA. Tem experiência na área de Oceanografia, com ênfase em Sensoriamento Remoto, atuando principalmente nos seguintes temas: sensoriamento remoto, ambientes de manguezal, comportamento espectral de alvos e monitoramento de florestas tropicais.

     

    Luiz Cortinhas Ferreira Neto: Atualmente é mestrando do Programa de Engenharia Elétrica da Universidade Federal do Pará e sócio fundador da empresa de geotecnologias Solved – Soluções em Geoinformação. Possui Bacharelado em Engenharia de Computação pelo Instituto de Estudos Superiores da Amazônia (2014). Tem experiência na área de Engenharia Elétrica, com ênfase em Integração de Banco de Dados Heterogêneos e Sistemas de Apoio à Decisão usando Bussines Intelligence, está focado em duas áreas: – Gestão de relacionamento com o consumidor a partir de redes sociais com a mineração de dados sobre Big Data. – Algoritmos paralelos de alto desempenho para Data Mining usando Cuda.


    Pré-Requisitos

    É impreterível que o aluno tenha noções de lógica de programação, linguagem orientada a objeto e que traga seu próprio notebook.

     

    Objetivo: O objetivo deste curso é permitir ao aluno familiarize-se com uso de imagens digitais dentro da plataforma de processamento de imagens Google Earth Engine (GEE). O curso cobrirá conceitos básicos de sensoriamento remoto e algumas das principais rotinas de programação da plataforma Google. Concluídas as aulas, o aluno deve ser capaz de entender a diferença entre radiância e reflectância, carregar imagens com as unidades de interesse (radiância ou reflectância, por exemplo), fazer composições coloridas, seja em falsa cor ou cor verdadeira, identificar tipos de cobertura terrestre com base em características espectrais, criar e interpretar índices de vegetação, classificar padrões de cobertura, analisar estatisticamente seus dados e por fim exporta-los.

     

    Carga Horária: 24 h


    Hora e Local:

    - 8, 9, 10 de Dezembro de 2017 (de Sexta a Domingo)

    - Horário: 8h às 12h e 14 às 18h.

    - Local: Solved (PCT-Guamá).

    Conteúdo

    Unidade 01: Aspectos teóricos

    Introdução ao Sensoriamento Remoto Ótico

    Satélites e Seus Sensores

    Estrutura de Dados Matriciais

    Introdução à Cartografia

    Superfícies de representação da terra

    Escalas

    Projeções cartográficas

     

    Unidade 02 : Introdução ao GEE

    Revisão Conceitual

    Visualização de Dados

    Composição Colorida (RGB & HSV)

    Conversões Radiométricas

    Índices de Vegetação

     

    Unidade 03: Introdução à operações espaciais

    Revisão Conceitual

    Classificação (Slice)

    Cálculo de Área

    Representações Gráficas

    Exportação de Dados

     

    Unidade 4: Atividades práticas

     

    Bibliografia

    CÂMARA, G et al. Anatomia de Sistemas de Informação Geográfica. Campinas: UNICAMP, 1996.


    JENSEN, John R.; EPIPHANIO, José Carlos Neves. Sensoriamento remoto do ambiente: uma perspectiva em recursos terrestres. Parêntese, 2011.

     

    MARTINELLI, M. Mapas, gráficas e redes: elabore você mesmo. São Paulo: oficina de textos, 2014.

     

    MORAES NOVO, E. M. L. Sensoriamento Remoto Princípios e Aplicações. São Paulo: Blucher, 2010.

     

    MOREIRA, M. A. Fundamentos do Sensoriamento Remoto e Metodologias de Aplicação. São José dos Campos: INPE, 2001.

     

    TULER, M; SARAIVA, S. Fundamentos de geodésia e cartografia. Porto Alegre: Bookman, 2016.

     

    XAVIER da SILVA, J. Geoprocessamento para Análise Ambiental. Rio de Janeiro, 2001.

     

    Google Earth Engine Developers Guide: https://developers.google.com/earth-engine/getstarted, acessado em 05/10/2017

    Escreva uma crítica

    Note:HTML não é traduzido!
        Mal           Bom